Home Investimentos Algoz da Lava-Jato no TCU, procurador pede auditoria sobre valores resgatados pela...

Algoz da Lava-Jato no TCU, procurador pede auditoria sobre valores resgatados pela investigação

0
Algoz da Lava Jato no TCU, procurador pede auditoria sobre valores resgatados pela investigação
Algoz da Lava Jato no TCU, procurador pede auditoria sobre valores resgatados pela investigação

O procurador Lucas Furtado, do Tribunal de Contas da União (TCU), quer que o órgão de controle instaure uma auditoria sobre todos os valores supostamente recuperados pela operação Lava-Jato. O objetivo, segundo ele, é verificar se recursos desviados dos cofres públicos estão voltando, de fato, ao erário.

Em representação encaminhada à presidente do TCU, ministra Ana Arraes, o procurador sustenta que algumas empresas que celebraram acordos de leniência com o governo entraram em recuperação judicial, condição que pode dificultar, ou até mesmo inviabilizar, os pagamentos dos valores previstos nos acordos.

"Como consequência do estado de recuperação judicial, os acordos de leniência praticamente perdem sua efetividade, em prejuízo aos cofres públicos, porque passam a ser créditos sem privilégio, em detrimento da garantia de recebimento dos honorários do escritório americano, que é o administrador judicial das pessoas jurídicas que outrora haviam celebrado os citados acordos", disse ele.

Furtado é o mesmo procurador que pediu uma investigação sobre a atuação do ex-juiz Sergio Moro como consultor da empresa americana Alvarez & Marsal, administradora judicial da Odebrecht. O processo fez com que o ex-juiz declarasse ter recebido R$ 3,5 milhões da empresa.

O procurador também conseguiu fazer com que o TCU abrisse processo contra integrantes de Lava-Jato, entre eles o ex-coordenador do grupo, Deltan Dallagnol, para apurar irregularidades nas diárias e passagens usadas durante as investigações. Se condenados, eles podem ser obrigados a devolver o dinheiro.

"Entendo, assim, que todos os aspectos narrados nesta representação, por sua extrema sensibilidade e risco, devam merecer especial atenção do TCU, devendo a execução dos recursos resgatados pela Lava-Jato ser objeto de detida investigação, para se averiguar se a destinação cumpriu estrita finalidade pública ou se, ao revés, foram utilizados com desvio de finalidade", completou.

1 de 1 — Foto: Divulgação/TCU

— Foto: Divulgação/TCU

Fonte: valor.globo.com/politica/noticia/2022/05/26/algoz-da-lava-jato-no-tcu-procurador-pede-auditoria-sobre-valores-resgatados-pela-investigao.ghtml

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile