24.5 C
Brasília
quarta-feira, maio 25, 2022
spot_img

Em clima de decisão, Operário joga a vida contra o Manaus | Esportes

Decisão

Em clima de decisão, Operário joga a vida contra o Manaus

Para permanecer na primeira divisão do Barezão, Sapão da Terra Preta precisa apenas de um empate simples jogando em casa

cc6d29dc 63a0 4e90 b5a4 174ec3c6deae 14CE9B99 78B9 45F4 AF73 5CBD0DF382C3
cc6d29dc 63a0 4e90 b5a4 174ec3c6deae 14CE9B99 78B9 45F4 AF73 5CBD0DF382C3
Foto: Gilson Mello Daniel Prestes 09/03/2022 às 11:06

A primeira fase do Barezão chegou em seu momento derradeiro. Na briga para se livrar de quaisquer chances de voltar à segunda divisão do Campeonato Amazonense, o Operário recebe o Manaus, nesta quarta-feira (9), no estádio Gilbertão, em Manacapuru, precisando apenas de um empate simples para jogar o mata-mata e consequentemente, permanecer na elite do Barezão. 

Com 22 jogadores à disposição e sem desfalques, o Operário chega para o confronto completo para brigar pela sua vaga na segunda fase do certame estadual. Para o técnico João Batista, a sua equipe está preparada para o duelo decisivo e completou.

“Sabemos da importância deste jogo e esperamos que jogando no Gilbertão, com o apoio da nossa torcida, que a gente consiga fazer um bom jogo e carimbe de vez a nossa classificação para a segunda fase da competição”, afirmou o técnico do Operário, João Batista.

Com 13 pontos, o Operário ocupa a oitava posição do Barezão, faltando apenas mais uma rodada para o término da primeira fase. Hoje, só uma derrota para o Manaus e uma vitória do São Raimundo contra o Manauara decreta o rebaixamento do Sapão da Terra Preta para a segunda divisão do Campeonato Amazonense.

Para o Manaus, ainda está em jogo a brigar pela liderança da primeira fase. Com 21 pontos, o Gavião Real tem um ponto a menos que o Princesa, que hoje lidera o certame de forma invicta. Na última rodada, a equipe do técnico Evaristo Piza venceu e convenceu batendo o Manauara pelo placar de 4 a 0. Com problemas para escalar o time titular e sofrendo com lesões, o quarteto de ataque com Silvano, Chan, Thiaguinho e Alvinho foi o ponto mais positivo na goleada da 10ª rodada. 

Perguntado pela reportagem se agrada à comissão manter esse formato para o duelo contra o Operário, Piza afirmou.

“É uma equipe leve, que me agrada, com jogadores de velocidade, esse meia com a característica do Thiaguinho é importante ter, porque ele consegue tirar o time de trás, com transição, levando a bola, as vezes até quebrando linhas, e ainda ter a opção de dois velocistas de lado, até para um jogo reativo ou para quebrar a linha baixa, você precisa de jogadores leves, com o um contra um apurado, isso me agradou bastante”, afirmou o técnico, que continuou.

“Agora é jogo a jogo, pela necessidade, redução do elenco, a contusão de alguns jogadores, eu vou ter que dar sequência nisso, mas cada jogo é um jogo, posso permanecer nesta forma, posso pensar em outra forma no mata-mata, gosto de pensar jogo a jogo, mas é uma formação que me agrada, com esses jogadores do meio para frente, sendo leves”, concluiu Piza.

 

Arbitragem

 

Antônio Carlos Pequeno Frutuoso será o árbitro de Operário e Manaus, no estádio Gilbertão. Ele terá como assistentes Wendell Saraiva da Silva e Noélia Chaves da Paixão. O quarto árbitro será Reginaldo Vasconcelos Noronha.

Fonte: www.acritica.com/channels/esportes/news/em-clima-de-decisao-operario-joga-a-vida-contra-o-manaus

Related Articles

Stay Connected

0FansLike
3,330FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

ULTIMOS ARTIGOS

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com